16 de outubro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
7/04/20 às 12h27 - Atualizado em 7/04/20 às 12h27

Caixa Econômica Federal libera aplicativo para solicitar auxílio emergencial

COMPARTILHAR

Pessoas que atendam os requisitos, poderão realizar o cadastro e receber o benefício para compensar a perda de renda causada pela pandemia da Covid-19
 

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

A partir de hoje (7), milhares de trabalhadores informais não inscritos em programas sociais podem contar com o auxílio emergencial da Caixa Econômica Federal. O benefício financeiro, concedido pelo Governo Federal, vai fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do Coronavírus.

Os beneficiários poderão acessar o aplicativo de cadastramento para receberem o auxílio – de R$ 600 ou de R$ 1,2 mil para mães solteiras, que será pago por pelo menos três meses para compensar a perda de renda.

Podem solicitar o benefício os cidadãos maiores de 18 anos que estejam desempregados ou exerçam atividades na condição de Microempreendedores individuais (MEI), contribuinte individual da Previdência Social ou Trabalhador Informal. Os cidadãos que pertençam à família cuja renda mensal por pessoa não ultrapasse meio salário mínimo (R$ 522,50), ou cuja renda familiar total seja de até 3 (três) salários mínimos (R$ 3.135,00), também poderão solicitar o benefício.

Desde que atenda às regras do Auxílio, quem já está cadastrado no Cadastro Único (CadÚnico), ou recebe o benefício Bolsa Família, receberá o benefício automaticamente, sem precisar se cadastrar. As pessoas que não estão cadastradas no Cadastro Único, mas que têm direito ao Auxílio, poderão se cadastrar no aplicativo e site da Caixa. Não é necessário ir até a agência para solicitar. O pedido é feito pelo aplicativo ou pelo site https://auxilio.caixa.gov.br

O pagamento será feito em até 48 horas, depois da conclusão do cadastro no aplicativo. O benefício será depositado em contas poupança digitais, autorizadas recentemente pelo Conselho Monetário Nacional, e poderá ser transferido para qualquer conta bancária sem custos. Quem não tem conta em bancos poderá retirar o benefício em casas lotéricas. 

​Para consultar o cadastro, o Ministério da Cidadania disponibilizou o aplicativo para celular Meu CadÚnico, que está disponível para baixar nas lojas Android, Apple e no site do Ministério da Cidadania. A Caixa também lançará uma página na internet e uma central de atendimento telefônico para a retirada de dúvidas e a realização do cadastro. 

 

Passo a passo:

1. Clique no link: https://auxilio.caixa.gov.br

2. Clique em “Realize sua Solicitação” no canto superior direito e preencha seus dados: nome, CPF, data de nascimento e nome da mãe. 

3.  Leia e confirme se as opções que estão dentro das características exigidas pelo governo, são atendidas pela sua situação.

4.1- Caso já esteja cadastrado no CadUnico vai aparecer a mensagem: você está no cadastro único do governo federal. As condições de recebimento do auxílio emergencial serão avaliados com os seus dados do Cadastro único.  Aí é aguardar liberar o app. 

4.2 – Caso não esteja cadastrado no CadUnico, vai abrir uma página para a inserção dos dados pessoais. Daí é só preencher tudo que for pedido e aguardar o processamento dos dados e análise.

 

Para mais informações, acesse: http://www.caixa.gov.br/auxilio

*Com informações da Caixa Ecônomica Federal e Agência Brasil

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros