26 de novembro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
6/04/22 às 14h04 - Atualizado em 5/05/22 às 9h44

DF abre oficialmente campanha de vacinação contra gripe e sarampo

COMPARTILHAR

A campanha nacional de vacinação contra gripe e sarampo foi oficialmente lançada, na tarde desta segunda-feira (4), na Unidade Básica de Saúde (UBS) 2 da Asa Norte. No evento, o secretário de Saúde do Distrito Federal, general Manoel Pafiadache, reforçou a meta de imunizar 90% do público-alvo contra a gripe, que é causada pelo vírus influenza.

No ano passado, devido à pandemia, esse índice foi de 67,4%. No entanto, o secretário declarou que este ano, para atingir o objetivo, caso seja necessário, a pasta promoverá imunização fora das unidades de saúde do DF. Veja os locais de vacinação contra gripe e sarampo.

“Se precisar de ações fora dos nossos hospitais e UBSs, em rodoviárias, aeroportos e afins, vamos fazer”, assegurou o gestor. Ele ressaltou ainda que a pasta continuará seguindo o Programa Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde, bem como as notas técnicas do órgão. “Tudo que fazemos é alinhado com o ministério.”

Também presente ao lançamento, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, exaltou as campanhas de imunização em geral, afirmando que vacinar a população é um dever do Estado. “Já pagamos um preço muito alto no passado, quando pessoas morreram por doenças absolutamente evitáveis por campanhas de vacinação eficientes”, citou.

O ministro falou ainda sobre o sarampo, uma das doenças combatidas na atual campanha. “Quando eu era criança, tive sarampo. Como médico, acompanhei casos. E hoje talvez os jovens médicos pediatras não tenham visto sequer um caso de sarampo graças às nossas campanhas de vacinação.”

Após a fala, Queiroga vacinou cinco cidadãos do DF contra a gripe. Também participaram do lançamento da campanha a representante da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas/OMS) no Brasil, Socorro Gross; o secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do ministério, Hélio Angotti Neto; o secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros; e o secretário executivo do ministério, Rodrigo Cruz.

*Com informações da Secretaria de Saúde do DF

Fonte: Agência Brasília

Mapa do site Dúvidas frequentes